contato
central cliente download login meu orçamento central atendimento twitter facebook treinamentos
Termografia Industrial
Termografia Industrial
ampliar imagem
orçamento
Ficha técnica

Termografia Industrial

 

A termografia infravermelha é usada para monitoramento de condições, otimizar a manutenção e manter a produção funcionando bem e em segurança, ao mínimo custo possível. São utilizadas termovisores para aquisição e análise de informações térmicas.

 

*Nossos relatórios de análise termográfica são feitos e assinados por Engenheiros Eletricistas capacitados em termografia nível 1.

 

Componentes normalmente inspecionados

  • Distribuição de energia (trifásica)
  • Caixas de fusíveis
  • Cabos e ligações
  • Relés/Interruptores
  • Isoladores
  • Condensadores
  • Subestações
  • Disjuntores
  • Controladores
  • Transformadores
  • Motores
  • Bancos de baterias
  • Fornos e caldeiras
  • Tanques e recipientes
  • Encanamentos
  • Construção Civil.

Razões comuns para pontos quentes ou desvios de temperatura

  • Cargas desequilibradas
  • Harmónicos (3ª corrente harmónica no neutro)
  • Sistemas sobrecarregados/corrente excessiva
  • Ligações soltas ou oxidadas (por norma um lado do componente sobreaquece)
  • Falha de isolamento
  • Falha de componente
  • Erros de cablagem
  • Componentes não-especificados (como fusíveis) aqueceriam em ambos os lados do fusível

O aquecimento anormal associado à resistência elevada ou ao fluxo de corrente excessivo é a causa principal de muitos problemas em sistemas eléctricos. A termografia por infravermelhos permite-nos ver estas assinaturas térmicas invisíveis de dano iminente antes de o dano ocorrer. Quando a corrente passa através de um circuito eléctrico, parte da energia eléctrica é convertida em energia térmica. Isto é normal. Mas se existir uma resistência anormalmente elevada no circuito ou um fluxo de corrente anormalmente elevado, é gerado calor anormalmente elevado, o qual é destrutivo, potencialmente prejudicial e não normal.

A lei de Ohm (P=I2R) descreve a relação entre corrente, resistência eléctrica e a energia ou energia térmica gerada. Utilizamos resistência eléctrica elevada para resultados positivos como calor numa torradeira ou luz numa lâmpada eléctrica. No entanto, por vezes é gerado calor indesejado que resulta em danos dispendiosos. Os condutores de tamanho reduzido, as ligações soltas ou o fluxo de corrente excessivo poderão causar um aquecimento indesejado anormalmente elevado que resulta em circuitos eléctricos com temperaturas muito elevadas. Os componentes podem literalmente ficar quentes o suficiente para derreter.

As câmaras termográficas  permitem-nos ver as assinaturas térmicas associadas à elevada resistência eléctrica muito antes de o circuito ficar quente o suficiente para causar um corte de energia ou uma explosão.

necessidade
necessidade
Descreva a necessidade do seu negócio e solicite um orçamento. Entraremos em contato após a análise.
orçamento